Conto Erótico - Gaúcha na Idade da Loba

Sou gaúcha, totalmente disposta pro sexo, Na idade da Loba.

Me desfiz de um Casamento de quase 3 décadas anos por que meu ex há muito já não dava mais conta.

Assim , livre, conheci um garoto 20 anos mais novo. Foi mágico. Umas "ficadas" e logo veio o sexo, e foi intenso, cada vez mais forte e gostoso. Começamos a ter uma relação aberta, até que ele me confidenciou que era voyeur, que era adepto ao menage, swing e voyeurismo.

Depois de algumas conversas resolvi mergulhar neste mundo .Minha primeira experiencia foi o sexo interracial. Ganhei uma viagem a Salvador (BA) de aniversário. Passeando pela barra fui deliciosamente cortejada por um negro lindo , másculo.

Conversamos por alguns minutos e ele me convidou para sair na noite e me deixou seu telefone. Liguei pro meu namorado que havia ficado no sul, contei sobre a investida e ele me disse:

- Vai , curte, vai dar bem gostoso pra ele.

Fiquei um pouco nervosa, mas resolvi seguir a diante. Já era noite quando ele me buscou no saguão do hotel e me levou para jantar, tudo muito bom, conversas interessantes, até que o clima foi ficando mais quente, e me entreguei ao momento, ele me levou ao apartamento dele, de moto. Logo na sala, um pouco embriagada me deixei levar pelos beijos quentes, mãos fortes mas macias, e aquele corpo todo envolvendo o meu.

Ele tirou suavemente meu vestido e percebeu que eu usava uma calcinha fio-dental, ficou tarado no ato. colocou-a pro ladinho e caiu de boca na minha xaninha, lambia beijava freneticamente, gozei umas cinco vezes, depois o membro dele latejava quando ele levantou-se, vi tudo aquilo a minha frente e não tive dúvidas, acariciei, lambi, chupei, engoli o que pude daquele enorme membro.

Ele me recostou no sofá , colocou o preservativo e começou calmamente a me penetrar, a medida que ficava encaixando e minha xana se adaptando á aquele tamanho, ele aumentava a força, gozei de novo. me colocou por cima dele, ali mesmo no sofá. Sentei e até me impressionei quando minha xota engoliu todo aquele pau negro pulsante. Cavalguei muito, eu suava como se estivesse saindo do banho, gemia muito... Até que ele anunciou o gozo. Senti o preservativo encher e pensei que ia estourar. Aquela sensação me deixou alucinada !!!

Ele deitou-me no sofá e ficou me acariciando os seios e me beijando. Logo me pegou no colo e me levou pro quarto dele. Literalmente atirou-me na cama, foi á gaveta e tirou outro preservativo, logo o pau dele ficou rijo e ele me penetrou .... Ficamos ali por muitos minutos ... na mesma posição.

Então ele pediu pra eu ficar de quatro, na hora fiquei, como uma cachorrinha, ele vislumbrou o visual da minha bunda, e enlouquecido acariciava minhas nádegas enquanto mexia, eu rebolava, remexia, gemia alto. Ele incansável bombava aquele enorme mastro dentro da minha xota e falava "Que bunda enorme e linda"... Acabou gozando ali, mas tirou o preservativo e jorrou seu gozo nas minhas nádegas.... fiquei arrepiada ao sentir aquele esperma quente no meu corpo.

Tomamos uma ducha e já estava para amanhecer, ele me levaria ao hotel de volta. No caminho, de moto, paramos na beira da praia, próximo ao Farol da Barra, ficamos alí conversando e trocando uns beijos, a esta altura o sol logo iria surgir, resolvi tomar um banho de mar e entramos na água, ficamos abraçados nos beijando quando senti o pau dele endurecer. Aquilo me enlouqueceu de novo.... Peguei o membro e masturbei enquanto ele me masturbava....

Pediu para me comer ali mesmo dentro da água, mas sem preservativo eu não quis... então fomos para a areia e continuamos as preliminares, mas ele não havia levado preservativo. Nos masturbamos até gozarmos. Nos vestimos e ele me deixou de volta no hotel. Nos tornamos amigos, mesmo á distância.

Quando voltei a Porto Alegre, contei os detalhes ao meu namorado. Fomos logo para o motel que e transamos muito, gozamos muito ... Daí percebi o meu real perfil para as mais loucas e gostosas aventuras sexuais, sempre com meu namorado junto, me apoiando, me incentivando e me adorando. Se gostarem, me mandem e-mail que conto todas as outras aventuras, pois esta foi apenas a primeira.

Beijos da Diva Loba

Conto erótico recebido por email by Diva, a Loba

2 comentários:

Diggo disse...

Muito o conto, pode ir publicando as outras que terá um leitor assiduo.
diggo89@dayrep.com

Anônimo disse...

Adorei bem escrito e interessante, se vc vierem a floripa e tiverem afim, avise aqui quem sabe pode rolar uma noite interessante.

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget