Fui Comida Dentro da Balada - Parte 2


Por vergonha ou para me fazer de difícil e não ver o velho que me comeu dentro da casa noturna que começava a freqüentar fiquei sem ir até lá no final de semana seguinte. Passado uns dias de minha transa não agüentei e contei para minha amiga Cristiane o que havia acontecido sem revelar muitos detalhes pois ainda sentia vergonha por dar para aquele coroa....... diante de minha confissão, me olhando com os olhos surpresos ela acabou me contando que estava apaixonada pelo segurança que vi ela abraçada naquela noite. 

Ele tinha vinte e cinco anos e era casado mas ficava com várias meninas na casa o que a fazia ter ciúmes dele. Constantemente ele ligava e pedia que ela fosse mais cedo para encontrá-lo mas sempre recusava pois tinha medo de se envolver ainda mais e acabar sofrendo.

A Cristiane , minha companheira de baladas , era muito bonita, morena clara com cabelos levemente ondulados um pouco abaixo do ombro, olhos castanhos e com bonita um corpo torneado, com seios maiores que o meu e uma bunda enorme. Quando saíamos juntas fazemos o maior sucesso com os garotos que babam quando passamos. Adoramos dançar dance music e funk de um jeito bem provocante e sensual e ver a cara de bobo que os garotos fazem... hahaha......

Incentivada ( e talvez excitada ) pelo que eu havia contado , me convidou para ir com ela mais cedo no próximo domingo antes da abertura da casa encontrar o seu amigo pois como estávamos em duas não daria para rolar mais nada e nós duas estaríamos seguras.

Conforme combinado , no próximo domingo, lá estávamos eu e minha amiga tocando a campainha do lugar. A Cristiane havia ligado antes e avisado que nós iríamos aparecer Estava com um frio na barriga pois as lembranças da última vez que estive ali estavam bem frescas na minha cabeça. Na verdade tinha gostado de transar naquela situação. Será que nesta noite encontraria o gerente? Como eu me sentiria? Teria vergonha? Nojo ? Ou com tesão? Logo o segurança apareceu e abriu o portão.. De um modo muito descontraído ele me cumprimentou com um beijinho no rosto e nos conduziu para dentro da casa noturna.

Fomos até o bar e pegamos algumas cervejas , minha amiga ficou abraçada com ele e conversávamos animadamente quando ouvimos o som de uma buzina. O segurança explicou que iria receber umas caixas de bebidas e que precisaria ir até o estoque para que o motorista descarregasse os engradados. Para não ficarmos sozinhas fomos com ela até o estoque.

Quando o segurança abriu a porta para receber a mercadoria ... que surpresa! O gerente estava com uma caminhonete e algumas caixas de bebidas destiladas na mão. Fiquei meio boba com a surpresa...... não esperava encontrá-lo daquele jeito..... ele me cumprimentou com um sorriso safado , acenou para minha amiga e colocou em um canto as caixas que carregava. O segurança pegou o resto das caixas na caminhonete , entrou e trancou novamente a porta. Que situação!!!!

- Chefe , vou com a Cristiane levar estas caixas até o bar..... cuida bem da nossa amiga...... disse o segurança pegando uma caixa e levando minha amiga pelo braço....

Ela me olhou com os olhos assustados....parecia que queria pedir socorro... ser salva...... mas que situação! Como fomos burras! Eles já deviam ter combinado tudo!!!! Armado para ficamos deste jeito....Abismada vi como que em câmara lenta minha amiga sendo levada para o bar ficando eu e o gerente sozinhos no estoque......... poderíamos ser estupradas sozinhas ali, aqueles caras podiam fazer o que queriam com a gente e ninguém poderia nos salvar....éramos um banquete para aqueles caras... duas meninas novinhas totalmente a mercê para que fizessem o que queriam com a gente.. pensei comigo mesma... será que ela agüentaria aquele homem de dois metros de altura? Não ia nem adiantar gritar.... lá da rua ninguém nos ouviria...aaahhh.... mas que se foda..... ela não disse que era apaixonada por ele? 

E depois foi idéia dela vir aqui antes do funcionamento da casa... e alem do mais deveria me preocupar comigo pois enquanto pensava, paralisada com a situação o gerente já foi me abraçando , me apertando forte..... por cima de sua calça pude sentir que ele já estava de pau duro..... só de pensar no tamanho de seu pau comecei a ficar excitada..... ... filha da puta.... não acredito que estava nesta situação de novo..... com esse velho estúpido....

- Olha espera um pouco.... eu não sou assim.... da última vez foi sem querer...... disse meio gaguejando.....

- Ah o que é isso loirinha??? Eu sei bem que você curtiu a nossa transa!!!! E agora nos estamos aqui de novo... dessa vez vai ser ainda melhor.....

Com a sensação de medo e excitada com a lembrança de nosso último encontro vi o gerente abrir suas calças e tirar para fora aquele pauzão , cabeçudo e cheio de veias..... novamente ele me fez abaixar e conduziu seu pau até a minha boca..... agachada ali.... em meio as garrafas de bebidas... chupei com vontade.... erguia o seu pau e passava a língua em suas bolas..... chupava uma por uma .... passava a língua do saco até a cabeça de seu pau..... apesar do tamanho abocanhava aquela cabeçona e o sugava..... tava gostoso ouvir ele gemer daquele jeito....

- Aaaahhhhh. ..... como você chupa gostoso....... vai minha cadela .... me faz gozar ....... meu tesãozinho......

Como da ultima vez, usando uma certa brutalidade, ele me ergueu e me beijou com força....tirou minha blusinha e sutiã e depois foi a vez de minha calça ....eu não acreditava que estava acontecendo de novo.... aquele velho..... estúpido.... iria me comer.....Então ele me deitou no chão sujo e arrancou a minha calcinha..... passou a lamber minha bucetinha como um louco..... aquilo estava ficando gostoso...... a situação toda era excitante e a minha bucetinha já estava encharcada.....

-Huuuuuummmm...... que delicia...... me chupa .... me fode bem gostoso com esse pauzão..... disse contorcendo meu corpo pelo chão......que língua quente.... aaahhh......

Nisso ele me virou com a barriga para baixo e começou a passar a língua no meu cuzinho....que delicia..... ele mordia minhas nádegas e passava a língua no meu reguinho e ia até a bucetinha.... meu cuzinho piscava.....empolgado, começou a enfiar o dedo para dentro do meu anus.... e eu senti um pouco de dor....

- Para........ assim não.......... tá doendo........ eu nunca fiz isso.......o que você pensa que sou???.......

Então ele puxou o meu quadril me fazendo ficar de quatro e me segurou os seios falando no meu ouvido.....

- Então hoje eu vou tirar o cabaço do seu rabinho.... vou fuder ele bem gostoso.... você vai ver........

Sentia aquele pau enorme encostado na minha bundinha .....parecia que estava em brasa.... fiquei assustada..... aquele pau não conseguiria entrar no meu cuzinho... esse cara iria me rasgar toda.... ....que velho mais safado....

O gerente começou a passar o pau pelo meu reguinho e na bucetinha.... lubrificava o seu pau com o caldinho que escorria pelas minhas pernas......colocou a cabeça na porta do meu cuzinho...... um calafrio percorreu meu corpo..... um misto de excitação e medo de ser arrombada me dominava..... forçou um pouco..... doeu bastante e dei um gritinho........ aquilo não ia entrar.........ele passou o pau de novo na minha buceta para
deixa- lo mais molhado e tentou de novo..... me contrai toda e encolhi a bundinha.... não ia dar..... percebendo isso o velho se levantou e correu até uma salinha e trouxe um pote com ele.... passou o conteúdo no seu pau e um pouco no meu rabinho. Experiente e paciente me colocou de lado e tentou enfiar novamente.....

Com dificuldade meu cuzinho foi se abrindo e a cabeça mais lubrificada entrou..... senti pontadas de dor e soltei um gemido....... Tava doendo mas eu estava muito excitada!!!! Ele me segurou mais um pouco e foi enfiando o que faltava..... aaaaahhhhh

- Calma gatinha..... já vai entrar......affffffffffff........ ta sentindo ? Já entrou metade.........

- Aiiiiiiii , ta doendo....... como teu pau é grande!!!! Ahhhh.......

Logo o seu pau tava todo dentro de mim...... não acreditava que tinha entrado tudo....... saia até lágrimas dos meus olhos..... ele ficou um pouco parado esperando eu me acostumar com o tamanho e sem tirar o pau do meu cuzinho me colocou novamente de quatro e começou a bombar devagar........

Apesar da dor ... sentia um prazer que nunca havia sentido...... tava ficando gostoso....... huuuummmmm....... meu cuzinho doía mas começava a gostar de estar dando o rabo..... o velho safado percebendo isto começou a se mexer com maior rapidez e logo estava metendo em uma velocidade incrível...... o barulho de sua virilha batendo na minha bunda era alto... pensei que poderia ser ouvido até de fora da sala.... comecei a rebolar e gozei dando gritinhos de tesão aaahhhhh não sabia que dar o cú me faria gozar tão gostoso .... o caro foi ficando louco com meus gritos.....

- Vai minha putinha ...haaaaa..... goza.....rebola no meu pau.....mexe gostoso.... igual quando você dança....vai minha cadelinha......

Era um vai e vem alucinante , já tinha gozado, meu corpo suava, meu cuzinho ardia , eu não imaginava que seria assim.... ele foi socando o pau até explodir em um gozo enorme..... seu corpo estremecia...... senti que estava sendo inundada com muita porra.....

- Nossa que bundona gostosa você tem!!!! Cuzinho apertadinho.... Foi a melhor foda que já tive!!! ele disse se levantando e desta vez, sendo um pouco mais atencioso me puxou pela mão ...

- Venha .,.... tem um banheiro lá atrás... vamos nos lavar.....

Fui o seguindo até o banheiro e tomei um banho com ele para me recompor. Meu cuzinho ardia e sangrava um pouco.... mas que merda! Eu , bonita e assediada por vários garotos tinha dado meu cú para um malcriado, velho e bruto....

No resto da casa , estava tudo silencioso, meu cuzinho doia e imaginei se a minha amiga também tinha passado por um sacrifício igual ao meu , dolorido e delicioso...

0 comentários:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget