Minha Esposa Chupou um Cacetão na Minha Frente!

Desde o início de nossa relação, sempre tive um diálogo aberto com minha esposa. Trocamos nossas fantasias e sempre que possível realizamos as fantasias um do outro. Devido a estas nossas conversas fiquei sabendo que minha mulher tinha uma fantasia sexual desde a sua adolescência e que nunca conseguira realizá-la. Esta seria o desejo de transar com um homem bem dotado. Como estes que aparecem em filmes pornôs.

Como o meu pau é de um tamanho normal (16 cm) e por também sempre fantasiar ver minha esposinha dando para outro homem achei que seria uma boa oportunidade de realizarmos ambas as fantasias. A única exigência que fiz foi de que eu escolheria o macho para ela. A safadinha concordou na hora e disse as características que o homem deveria ter para satisfazer suas vontades insatisfeitas desde a sua juventude.
Não demorou muito e encontrei um rapaz que acreditei ter o que minha esposa queria.

Era um rapaz novo, de uns vinte e três anos, atlético e diziam as meninas do meu trabalho, que ele possuía um membro enorme e grosso. Sem me perder em aproximações que poderiam ser mal interpretadas pelo rapaz. Tratei de abrir o jogo com ele. Contando nossos desejos e pedindo sigilo absoluto caso algo acontecesse. Há princípio um pouco surpreso, foi se soltado e logo pediu para que marcássemos um encontro.

Combinamos em um bar onde tomamos algumas cervejas, eu podia perceber a inquietação de minha esposa que não parava de se mexer em sua cadeira. Ela ficava medindo o rapaz das cabeças aos pés, focando principalmente no volume de sua calça. Já embalado pelo álcool pedi que ele mostrasse o tamanho de sua ferramenta para minha esposa.

Discretamente e escondido sob a toalha da mesa ele puxou seu membro para fora e um grande cacete apareceu. Cabeçudo, duro e ameaçador. Minha mulher soltou um gritinho de admiração por aquilo tudo. Pedi para que ela pegasse no pau para ela confirmar que havia gostado. Receosa por alguém ver alguma coisa, ela colocou a mão em suas coxas e a dirigiu para o seu membro o apertando gostoso.

Achei aquilo um tesão, ver minha esposa na minha frente pegando no pau de outro macho, então pedi para que fossemos logo para um motel. Chegando lá minha mulher estava nervosa e ria a toa dizendo nunca ter visto um cacete daquele tamanho, assim ao vivo. Disse até que pensou que os caras pauzudos dos vídeos pornôs, não existissem e que a sua "grandeza" fosse fruto de algum efeito especial.

Curiosa perguntou para o rapaz quanto mediria o seu cacete. Ele, orgulhoso de sua ferramenta disse com a boca cheia que deveria ter mais ou menos 25 cm. Excitado com aquela admiração toda de minha esposa o rapaz pediu que ela o chupasse logo, pois não agüentava mais de tesão. Minha esposa deu uma olhada para mim, como se pedisse permissão para continuar a aventura e eu acenei com a cabeça consentindo.

Ela passou a lamber a cabeçona como se fosse um pirulito, aos pouco foi colocando a cabeça na boca e em ritmo crescente foi lambendo toda sua extensão até chegar aos seus pentelhos. Ela ergueu seu pau e lambeu as bolas, colocando suavemente uma a uma na sua boca sugando com maestria. Eu via tudo aquilo e ficava louco de tesão, sabia que minha esposa era mestre na arte de chupar e que o cara deveria estar indo as estrelas com a boquinha de veludo da minha mulher. Para confirmar seu prazer ele não demorou a gozar esporrando na cara de minha esposa, gemendo como um doido...

Ela, satisfeita por ter feito aquele "gigante" gozar, sorria toda melecada com a porra e dizia que tinha sido ótimo, havia adorado por ter um membro daqueles a sua disposição. O cara arfava sem ar devido ao prazer intenso que sentira e depois daquilo, como havíamos combinado entre nós antes, fomos embora do motel.
Deixamos o rapaz em casa e transamos somente nós dois, pela noite inteira. Nunca sentimos tanto prazer em transar como naquela noite. Parecia que havíamos voltado para nossa adolescência.

Descansando, depois de uma foda bem dada, acertamos que na próxima vez ela sentiria o poder daquela vara na sua bucetinha gostosa e isso acabou acontecendo exatamente dez dias após este nosso primeiro encontro. Como foi? Isto eu conto em outra oportunidade se assim for à vontade de vocês leitores desta história.

Conto erótico recebido por email - Casal Iniciante no Ménage


6 comentários:

Anônimo disse...

Muito excitante, parabens!

Anônimo disse...

gay enrrustido detected!!!!!

Anônimo disse...

gostei e tento fazer com minha esposa mas ela resiste.....

Anônimo disse...

tbm quero q minha esposa fode com outro na minha frente ela tem um bucetao lisinho so de pensar eu toco,pena q nao encontro alguem confiavel do rj

Anônimo disse...

MINHA MULHER NÃO DEIXA, SE ELA QUISESSE EU AMARIA VER OUTRO PAU NA BOCA E A LINDA BUCETA DELA, ELA É MUITO GOSTOSA SÓ PRO MEU PAU, AS VEZES EU COMO ELA POR TRAZ DE QUATRO E PASSO OS DEDOS NO GRELHO ELA E DIGO QUE É MINHA LINGUA QUE ESTA CHUPANDO, ELA SE DELICIA E NÃO AGUENTE E GOZA MUITO. QUE DELÍCIA.

Anônimo disse...

Queria comer ela tambem.

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget