Primeira e Última Vez que Transei com Outro Homem

Gostaria de esclarecer aos leitores deste blog que não sou gay, nunca pensei o ser, mas acabei transando com outro homem, na posição de passivo. Porém prometi para mim mesmo que esta foi a ultima vez e não tenho a vontade de repeti-la.

Eu estava em uma fase boa da vida, trabalhando , estudando e namorando uma mulher maravilhosa que me satisfazia na cama, mas um dia, eu estava em uma sala de bate papo na net com um nick que dizia a minha idade. Já era de madrugada e um rapaz me enviou uma mensagem privada dizendo ser um ano mais velho que eu e que gostava de transar com outro cara. Não sei por que motivo eu o respondi, conversamos mais um pouco e acabei por adicionar este rapaz no MSN. Para minha surpresa, na foto do seu perfil ele estava nu com um pênis bonito e duro a mostra.

Ao ver aquilo fiquei excitado, nunca tinha tido essa sensação antes, de ficar de pau duro ao ver outro membro, mas foi o que aconteceu. Teclamos por mais alguns dias até que decidimos nos encontrar. Fomos para um parque que tem aqui na minha cidade. Andamos um pouco e acabamos por entrar em uma trilha que vai para o meio da mata.

Paramos próximo a uma grande árvore e ficamos conversando. E, em um momento que fiquei de costas, ele se aproximou e me abraçou por trás me fazendo sentir seu pau duro contra a minha bunda. Ele me apertava contra o seu corpo e logo passou a beijar meu pescoço. A sensação era boa. Sem me virar ele tirou minha camiseta e passou a beijar e lamber minhas costas.

Sua boca foi descendo até chegar a minha bermuda. Lentamente a abaixou e tirou minha cueca. Mostrando toda a sua experiência ele beijava e apertava minhas nádegas. Então ele as abriu e senti o toque macio de sua língua no meu anus. Que delicia era isso. Ele fazia movimentos circulares e ameaçava penetrar meu cuzinho com sua língua. Com as pernas moles eu já havia apoiado as minhas mãos em meus joelhos ficando inclinado, aproveitando aquela chupada.

De repente ele parou e me virou de frente para ele, tirou suas calças e seu pau saltou duro. Pediu para que eu o chupasse o que fiz com um pouco de receio. Tinha um gosto diferente de buceta. Ele segurava minha cabeça e fodia minha boca como se estivesse penetrando alguém.

Com um gemido um jato de porra se despejou na minha boca. O gosto era estranho e procurei engolir logo para não o sentí-lo. Então tirei seu pau a tempo de levar outro jato de seu esperma próximo aos meus lábios. Ele gozava e gemia me chamando de sua putinha gostosa.

Sem dar um tempo para descansar e com seu pau ainda duro ele me fez virar de costas para ele. Apoiei minhas mãos na árvore e ele colocou a cabecinha do seu pau no meu cu. Com força foi penetrando. Eu sentia dor até que com um tranco mais forte ele deslizou para dentro de mim o que me fez soltar um grito abafado. Sentia seus pentelhos na minha bunda e uma ardência no rabo. Eu estava dando o cu pela primeira vez.

Suas estocadas passaram a serem efetuadas com rapidez. Sentia seu pau sair e antes que a cabecinha escapasse ele voltava e me penetrava até seu púbis bater na minha bunda.Ficamos assim por algum tempo até que ele gozou novamente enchendo meu cuzinho com sua porra. Eu me masturbava enquanto ele me comia e também não demorei a gozar.

Depois desse dia o bloqueei nos contatos do MSN, não o procurei e nem falei mais com ele. Tive a experiência que queria, mas como já havia planejado, tinha sido a primeira e última vez. Promessa que cumpri e esta memória, ocorrida a mais de dez anos, nunca mais se repetiu.

Conto erótico by Marcelo – recebido por email

4 comentários:

Anônimo disse...

Vai dizer que não gostou!!!

Anônimo disse...

pra esse cara ainda tá lembrando é pq deve ter gostado ...

Anônimo disse...

ai diz se e bom dar o cu pois estou com vontade de dar o cu para uma ´pica gostosa

Anônimo disse...

Gostou sim por isso não assume haha... Se masturba até hoje lembrando do cara é da língua do cara no cuzinho ♨

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget