Comi a Gordinha no Final da Noite!

Sempre gostei de ler contos eróticos e tive vontade de falar sobre algumas de minhas aventuras, nos contos eróticos que li descrevem as mulheres gostosonas boazudas parece até mentira, bem vamos ao que interessa: Trabalhava em uma empresa sempre até a meia noite. Em uma destas noites o funcionário que fazia o turno seguinte atrasou e eu tive que sair correndo para pegar o ônibus, pois este era o último da linha. Quando estava dobrando a esquina vi que o havia perdido.

Puto da vida fiquei sem ter o que fazer, então decidi comprar uma cerveja e esperar um moto táxi, depois quase duas horas apareceu um, fui embora e quando cheguei em casa não tinha ninguém. Meu irmão do que mora junto comigo tinha viajado, tirei o sapato e a roupa, quando eu ia tomar banho o telefone tocou. Atendi e era uma mulher que tinha ligado por engano, começamos a conversar e disse a ela que estava só.

Perguntei coisas sobre ela e em determinado momento disse que eu estava pelado pois iria tomar um banho. A safadinha , então, perguntou se eu não queria ir tomar um banho na casa dela. E assim , lá fui eu atrás de outro moto táxi. Antes de ir para a casa da garota passei em uma farmácia e comprei umas camisinhas para me preparar.

Assim que cheguei no seu prédio falei com o porteiro que me comunicou que a garota estava me esperando e eu poderia entrar. Logo que dei alguns passos fiquei um pouco com vergonha e pensei em dar meia volta e desistir mas naquele momento já era tarde pois assim que entrei no prédio vi uma mulher gordinha , um pouco feia e usando um roupão. Pensei comigo mesmo que tinha entrado em uma enrascada pois a mulher era um baita tribufu. Mas já que estava lá mesmo...

Entrei no apto sentei no sofá e ela perguntou se eu não queria beber ou comer algo, falei que não, Ela colocou uma musica ,sentou ao meu lado e começamos a conversar. Seu perfume juntamente com sua educação e gentileza substituíam sua beleza, então começamos a dançar e meu pau começou a endurecer. Minhas mãos começavam a percorrer seu corpo e acabamos deitando no sofá iniciando um amasso com beijos quentes, tirei seu roupão e ela estava de baby dool por baixo.

Eu estava com tanto tesão que quase gozei ,tirei toda sua roupa e comecei a beijá-la descendo até seus peitos que por sinal eram enormes. Chupei com avidez e eles mal cabiam na minha boca, desci mais ainda até chegar na buceta. Que bucetão! Chupei a inteirinha até ficar com a língua dormente ,ela estava tão excitada que o liquido escorria. Então ela pegou meu pau meio desajeitada, parecia até que nunca tinha feito boquete. Botei a camisinha e enfiei naquela buceta úmida e sedenta.

Coloquei-a de quatro e fiquei admirado com o tamanho de sua buceta. Ela era enorme meu pau entrava e saia fazendo um barulho. Eu empurrava com força até que ela gozou gemendo alto. Acho que naquela noite a gordinha gozou umas três vezes. Assim que eu gozei descansamos alguns instantes e fomos tomar um banho. Lá no banheiro começou o esfrega esfrega, ela ficou de cócoras e pagou um boquete, chupou meu pau até o fim . Quase botando as minhas bolas na boca, dessa vez gozei na boca dela...

Está história é verídica e caso você mulher que esteja lendo este conto for feia ou gorda eu estou por aqui pra fazer tudo com você!!!

Conto erótico recebido por email – autor anônimo

0 comentários:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget