Lésbica

Sou casado, minha esposa e eu somos um casal bonito, tenho 4O anos e ela 36. Ela é loira, corpo bonito e eu acho que também tenho um corpo legal e atraio as mulheres. Mudamos de endereço e no prédio em que fomos morar, o pessoal é muito animado, fazem churrasco de vez em quando. Num desses churrascos, conhecemos várias pessoas e uma delas uma mulher de 35 anos, muito bonita.

Conversamos e minha esposa ficou amiga dela e a convidou para depois ir nos visitar. Os dias passaram e de vez em quando ela aparecia lá em casa. Às vezes ia dormir e ela estava lá conversando com minha esposa, saía de lá muito tarde. Um dia fui dormir e ela estava lá ainda, acordei com sede e fui tomar água e quando passei pela sala, vi nossa amiga com a boca na xoxota de minha mulher.

Minha esposa com a cabeça para trás se contorcia de tesão. Fiquei ali observando e quando acabaram, sai antes que me vissem. Minha esposa depois chegou no quarto, deitou e dormiu como anjo. No dia seguinte falei com ela que assisti tudo, ela assustou, mas como não falei nada no momento da transa, ela disse já está transando com nossa amiga algumas semanas. Disse a ela não me importar e que gostaria de participar o que ela logo tratou de providenciar.

Alguns dias depois nossa amiga apareceu em casa e minha esposa já tratou de ir beijando-a. Começamos então a festa. Ela chupava minha mulher como eu nunca havia chupado, confesso ter ficado com inveja. Durante a festa, eu esta chupando minha mulher e ela com um consolo preso numa cinta enrabava minha mulher. Aí ela parou e foi chupar meu pau. Engoliu todo meu pau, eu estava louco de tesão quando ela enfiou o dedo no meu cu, fiquei meio assim, mas deixei, deu um tesão gostoso.

Ficou ali com um dedo e logo enfiou dois. Minha mulher virou e começou a chupar meu pau, num delicioso 69 e nossa amiga, quando vi, encostou o console no meu rabo e enfiou até o cabo, minha mulher abrindo minha bunda e ela me comendo. Olha, nunca gozei tanto na minha vida, ali todos comiam todos, hoje não transo com minha mulher sem ela me comer com um vibrador preso na cinta, maior que o meu pau. Que acham disso?

Conto erótico recebido por email – Casal Ardente(SP)

0 comentários:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget