Meu Marido Comeu um Gay no Clube de Swing

Eu e meu marido sempre fomos muito liberais e abertos em relação ao sexo e devido a isto curtimos nosso casamento aproveitando todos os prazeres que a vida pode oferecer. Um dia destes combinamos de ir a um clube de swing ver o que rolava e quem sabe realizar alguma das fantasiamos que compartilhávamos.

Vesti um top justíssimo e uma mini sai jeans bem curtinha. Meu marido estava muito tímido, morrendo de vergonha de encontrar alguém conhecido ou do que poderia acontecer por ali. E eu , ao contrário estava me sentindo muito puta e safada por estar em um lugar como aquele que transpirava sexo. Paramos na pista de dança e eu dancei muito atiçando a vontade de meu marido. Provoquei tanto que ele acabou perdendo um pouco da timidez e sussurrou no meu ouvido para que eu tirasse minha calcinha. Imediatamente fui até o banheiro e a tirei, percebi que estava toda molhada e fui para a pista , de mini saia e sem nada por baixo.

Quando voltei percebi que tinha um carinha de uns vinte e poucos anos dançando perto de meu marido. Ele tinha um metro e setenta de altura, cabelos castanhos e era um pouco fortinho, devia malhar para se manter assim , tão gostosinho. Ainda sem me aproximar , notei que o rapaz não tirava os olhos de meu marido e o estava discretamente paquerando e ele, apesar de um pouco envergonhado , estava gostando da situação.

Cheguei perto do meu homem e continuei o provocando, até que ele não agüentou e colocou minha mão por baixo de minha saia. Senti seus dedos se lubrificarem com meus líquidos enquanto ele me fodia com os dedos. Gozei ali mesmo, no meio da pista de dance, neste instante o rapaz percebeu o que estava rolando e se aproximou puxando conversa.

Logo estávamos entrosados e fomos até um ambiente escuro que existia no local. Meu marido tirou o pau para fora e o rapaz, sem demorar, caiu de boca o engolindo com vontade. Aquilo me deixou louca e ergui minha saia virando de costas e pedindo para meu marido me comer ali mesmo pois desejava muito ter seu pau enterrado na minha xoxotinha.

Meu marido me comia enquanto eu começava a chupar o pau do rapaz viadinho. Que loucura. Após eu gozar gostoso com o cacete do meu marido pedi que ele metesse também no viadinho. Este sorriu e se apoiou na parede. Meu marido não queria e eu tive que convece-lo a fazer. Então se posicionou atrás do rapaz e sem dificuldades conseguiu introduzir o pau no cuzinho do viado. Acho que seu cuzinho já devia estar acostumado a levar rola. Pois nem no meu rabinho o pau de meu marido entra tão fácil.

A cena que eu acompanhava ali, a cores era fantástica, nem em meus sonhos mais sacanas podia imaginar algo igual. Um rapaz jovem , forte e de pau duro sendo enrabado pelo meu marido. Fiquei só os olhando enquanto acariciava minha bucetinha. Ele comia o viadinho com vontade , metendo com força na bundinha do gayzinho arrancando gemidos e suspiros.

Com uma última estocada meu marido gozou quase no mesmo instante que o viadinho que se masturbava enquanto era comido. Olhei para o sacana do meu marido e perguntei se ele queria me comer novamente e ele disse que sim, mas queria ir para nossa casa. Então nos despedimos de nosso novo amigo e fomos para casa ainda mais loucos de tesão. Desta vez, sozinhos, passamos a noite transando e lembrando dos nossos momentos no clube de swing.

Se você também curte fantasias e transas assim deixe seu recado por aqui, não pretendemos ter relações ao vivo, mas gostaríamos de trocar experiências.

Conto erótico recebido por email – By Casal liberal a procura...

4 comentários:

Anônimo disse...

pra ficar mais massa o gayzinho também deveria ter fudido sua bucetinha quebrando todas as regras e tabus da sexualidade...

Sandro_garcia disse...

Gostei muito, já participei de transas assim só que a esposa tinha fantasia de chupar o pau com o maridão e depois queria que eu o enrrabasse com ela me ajudando.

thiago james rosetto disse...

Tenho vontade de chupar uma mulher nunca fiz com mulher tenho vontade

Anônimo disse...

Oi queria ter essa experiência!!!

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget